SET

01

2016

Educação e Cultura

Museu Mariano Procópio é reaberto parcialmente para visitação

A Exposição “Esplendor das Formas: Esculturas no Acervo do Museu Mariano Procópio” marca a reabertura parcial do espaço após oito anos. Duzentas peças dos séculos 19 e 20 ficarão na Galeria Maria Amália pelos próximos seis meses. O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Siqueira durante entrevista coletiva à imprensa no local. 

Fechado desde 2008 devido ao avançado estado de deterioração, que comprometia a segurança de funcionários e visitantes, o espaço teve o lanternim e a claraboia recuperados, o que garantiu sua reabertura parcial. A galeria foi batizada pelo fundador do museu, Alfredo Ferreira Lage, em homenagem à mãe, Maria Amália. Inaugurada em 13 de maio de 1922, segue o modelo das grandes galerias de arte do século 19. Sua reabertura foi possível através de esforços da administração Bruno Siqueira, que conseguiu recursos junto ao Governo do Estado e à iniciativa privada para as obras de recuperação.

Na Villa Ferreira Lage foi realizado o trabalho de retirada de pinturas que encobriam o material original das paredes. As janelas foram restauradas ou trocadas. O prédio e os telhados também receberam reparos.

Por questões de segurança do acervo e do público, o fluxo máximo permitido será de 50 visitantes, com entrada de outros à medida que as pessoas deixem a galeria.

Os interessados em visitar a mostra devem comparecer ao parque do museu para pegar a senha. Idosos e pessoas com deficiência devem agendar previamente a visita pelo telefone (32) 3690-2233. A visitação será das 10h às 16h, de terça a sexta-feira.