OUT

27

2016

Gestão e Economia

Bruno reforça seu compromisso com o empreendedorismo em Juiz de Fora

Prova recente do compromisso de Bruno para com o empreendedorismo em Juiz de Fora foi sua adesão, nesta quarta-feira, 26, à mobilização nacional lançada pela empresa Endeavor, intitulada “+Empreendedores+Empregos”. A iniciativa, divulgada na internet através de uma carta aberta aos candidatos às prefeituras do Brasil, visa estimular a parceria entre prefeitos e empreendedores, criar novos postos de emprego e reduzir a burocracia na criação de novas empresas.

 

Bruno não apenas aceitou esse desafio agora. Ao longo dos últimos anos, mostrou que sua gestão é referência na área. Prova disso foi o Prêmio SEBRAE Prefeito Empreendedor, que recebeu em 2014, pelo apoio aos micros e pequenos empresários. Além disso, Juiz de Fora foi a única cidade de Minas Gerais a receber dois troféus “Juscelino Kubitschek”, com o projeto “Lei Geral Implementada”, na categoria homônima, e “JF Empregos”, na “Melhor Projeto”.

 

“Recebi essa premiação em Medellín, na Colômbia, onde busquei a base para desenvolver novos projetos para facilitar a vida do cidadão e agilizar a abertura de novas empresas”, explicou Bruno. Para os próximos anos, o candidato à reeleição pretende se aproximar ainda mais dos empreendedores: “durante a nossa gestão, sempre me preocupei muito com essa questão. Caso reeleito, irei lutar para que tenhamos cada vez mais plataformas de startups sendo lançadas em Juiz de Fora.’’

 

Valorização das micro e pequenas empresas

 

Atenta à importância do empreendedorismo, a Administração Bruno Siqueira trabalhou na consolidação da implementação da Lei nº 12.211/2011, a chamada Lei Geral, que dispõe sobre o tratamento diferenciado, simplificado e favorecido aos Microempreendedores Individuais (MEIs), às Empresas de Pequeno Porte, e às Microempresas. Na sequência, em dezembro de 2013, foi publicado o primeiro edital de compras públicas exclusivas para micro e pequenas empresas na cidade, beneficiando as mesmas nas compras da Prefeitura.

 

Através do projeto “Você+Empreendedor”, a PJF atendeu mais de 700 pessoas, fazendo com que 374 saíssem da informalidade e se tornassem microempreendedores.

 

O fruto desse trabalho já reflete em alguns indicadores econômicos, como o “Índice de competitividade municipal”, realizado pelo Sebrae em 853 municípios do estado e divulgado em dezembro de 2014. O estudo aponta Juiz de Fora como a quarta cidade mineira com maior potencial para a criação de empreendimentos e o desenvolvimento de pequenos negócios, atrás apenas de Belo Horizonte, Uberlândia e Nova Lima.